THE JOURNEY, Jan Hahn

Confesso que quando ouvi falar deste livro, a coisa não me apeteceu assim para o muito. Mas, era mais um e, como tenho aprendido ultimamente, é apenas mais uma oportunidade para… neste caso, conhecer novas personagens e uma nova autora. Ainda bem que o fiz.

Começa já com o “elemento perturbador da ação” ocorrido. Por um motivo lógico, dentro da história original, Mr. Darcy está na mesma carrugem que a Lizzy. Tudo bem, até aí. Diálogos interessantes, momentos um tanto constrangedores mas tudo dentro daquilo que conhecemos da Jane Austen. O mais emocionante é ver a carruagem a ser assaltada, o Darcy a ser protetor e a afirmar que era casado com a Lizzy. Aí começa a dança viva das pretenções e do começo da afinidade entre os nosso queridíssimos personagens. E, claro, ao bom jeito de uma história entre estes dois, desenganos e mal entendidos e disse que me disse quanto baste. Mas o Darcy tem o seu momento de heroismo e ela o de perdão. É lindo, quando eles se reencontram. E, astuto também! Nenhuma das personagens desilude aquilo que nós temos como delas.

“I knew that what I was doind was wrong, unacceptable, and improper, but I no longer cared about what was right, acceptable or within the rules of propriety. Londo society had already shunned me. What was one more transgression?”

“One cannot help whom one loves. If your heart is his, then…’ His voice died away, as though he had given up, that the attempt to speak was too much for him.” capítulo 14 do livro. Podem ler algo em: http://www.amazon.com/The-Journey-ebook/dp/B007N73IOI/ref=sr_1_1?s=digital-text&ie=UTF8&qid=1340132679&sr=1-1&keywords=the+journey

Habitualmente, eu gosto de saber do aftermatch da obra em questão, esta… foi surpreendente. A conversa da Lizzy com o filho e a “coincidência” foram muito nicely played. Mostram a evolução do mundo e, claro, da própria história.

Vale muita pena o dinheiro e o tempo que se lhe investe. É um livro para guardar e reler, frequentemente!

Um dos meus favoritos, garantidamente!

Advertisements

Leave a comment

Filed under JaneAusten's

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s