Category Archives: My word…

Summer Reading

The Summer Reading Flowchart

Via Teach.com

Eu não tenho por hábito publicitar coisas para além de livros e da minha opinião sobre livros. Mas, não podia não fazer a devida menção a este site.

Este cartaz é muito bem conseguido e deveras interessante. Facilita a compreensão e objectos de leitura.

Gostei mesmo muito daí o fazer publicidade.

 

Advertisements

Leave a comment

Filed under My word...

TREADING WATER, Marie Force

Foi uma descoberta única. Não estava mesmo nada à espera que a história seguisse o rumo que tomou, nem que as personagens vivessem o tipo de história que viveram. Mas foi muito bom. Novos rumos ao rumo escolhido. É uma espécie de “E se?” e eu gosto demais desse tipo de situação. Que faria eu se… que faria eu se fosse homem (Jack) e se a minha esposa (Clare) tivesse um acidente duvidoso? Que faria eu com filhas crescidas e uma mulher em coma? Que faria eu se, nesse entretanto, conhecesse outra pessoa (Andi) e me apaixonasse e começasse uma vida com ela? Que faria eu quando, novamente, o destino me pregasse uma partida e tudo resurge do nada e torna tudo diferente do agora pacato? E se? Pois, é o que a Marie nos faz pensar.

Numa estrutura bem conseguida, com persongens fieis à sua própria caracterização, vamos entrar na vida desta família e vamos descortinar, em todas elas, um pessoa que nós conhecemos na realidade. Tem persongens para todos os gostos e feitios e, ainda, para satisfazer a curiosidade e os “e ses” de muita gente. Desde a criança, passando pela teenager, e chegando à adulta, o que não faltam são situações bem descritas e bem narradas, situações plausíveis e tocantes.

Tudo se desenrola a partir de um acidente. Tudo de move à volta de uma doente e do seu marido. A vida continua, mas o que acontece quando estamos em coma? Será que acordamos? O que fazer depois de tanto tempo à espera? O certo é que, para os que não estão em coma, a vida passa: o rio continua a correr debaixo da ponte mesmo se não o vemos passar.

O desfecho, é muito interessante e faz-nos pensar no que temos por garantido na nossa vida. È necessário ver que nem sempre o que é comum é o melhor para nós; que nem sempre o que escolhemos é o certo. Com a leitura deste livro, ganhamos perspectivas de vida. É um must!

Leiam-no com muita atenção, pois valerá muito, mas muito a pena!

Marie Force tornou-se, rapidamente, numa das minhas autoras favoritas!

I woke up today with three kids, and now I have six. (…) I had one, and now I have six.”

Leave a comment

Filed under My word..., On my devices

E assim começa…

Nos meus trinta e dois anos de idade já fui chamada de muita coisa, mas só recentemente me chamaram de  “bookaholic”.

Para quem me conhece, sabe que ler é o que mais gosto de fazer e o que me proponho aqui é apenas expressar o que eu acho de um livro, dos livros todos que leio. E eu leio-os aos montes.

Tenho uma predileção pelos séculos 17, 18e 19, apesar de não me singir a essas épocas e não só em inglês e não só em prosa. Poesia também entra na lista e todas as obras que tenham algo a haver com Jane Austen.

De entre o que leio, aquilo a que me disponho a fazer é comentá-los de acordo com os meus conhecimentos e aptidões,  sobre a sua estrutura, linguagem, tema, ação, personagens, motivações, qualidade, bom gosto e tudo o mais que me parecer justo comentar. Fá-lo-ei por que gosto de ler e não com algum intuito comercial.

Vou colocar um comentário sempre que ler um livro. É o meu compromisso para com vocês.

Espero incitar à leitura, à criação de novos mundos de entre o vosso e, quem sabe, levar a que algum de vós escreva algo, também.

Até breve,

Carolina Cordeiro

2 Comments

Filed under My word...

And so it begins…

I have been called a lot of things in my thirty two years of age, but only recently the “bookaholic” term came into being. And so, I became the all time known book lover with who my friends are acquainted. This blog intends but nothing else than express what I do think about the books I read. And, I do read a lot of them.

My favorite literary period spreads around the 17th, 18th and 19th century. However, I do read a vast more, and not only in English so I’ll be posting other books comments here from which will vary from poetry, through non-fictional, to fiction or whatever may appear in my hands. Nonetheless, my heart is truly set on that period, even more with Jane Austen.

I came across some of her novel’s sequels and I must say I was quiet happy overall. Therefore, I created this space so I could, within my taste and knowledge of literary works, express my opinion about them. I do not intend to help sales or whatever commercial purpose they may seek. They are worth for themselves. My pure intention is just tell to whom it may interest, what those books are to me. I will be commenting on structure, language, theme, plot, characters, motivations, quality, good taste and whatever I think it will be worth the trouble of mentioning.

So, I’ll start by posting a personal book’s review every time I end a reading. That is my promise. Hope I’ll incite you to read the books, to create new worlds and who knows, your own novels.

Hope to see your comments soon,

Carolina Cordeiro

Leave a comment

Filed under My word...